Click no simbolo do YouTube ou no link - Para abrir e ampliar em outra janela

Asa Branca

 

Luiz Gonzaga

Quando olhei a terra ardendo
Qual a fogueira de São João
Eu perguntei a Deus do céu, ai
Por que tamanha judiação
Eu perguntei a Deus do céu, ai
Por que tamanha judiação.

Que braseiro, que fornalha
Nem um pé de plantação
Por falta d'água perdi meu gado
Morreu de sede meu alazão

Por farta d'água perdi meu gado
Morreu de sede meu alazão

Inté mesmo a asa branca
Bateu asas do sertão
Então eu disse, adeus Rosinha
Guarda contigo meu coração.

Então eu disse, adeus Rosinha
Guarda contigo meu coração.

Hoje longe, muitas léguas
Numa triste solidão
Espero a chuva cair de novo
Pra mim voltar pro meu sertão

Espero a chuva cair de novo
Pra mim voltar pro meu sertão

Quando o verde dos teus olhos
Se espalhar na plantação
Eu te asseguro não chore não, viu
Que eu voltarei, viu
Meu coração

Eu te asseguro não chore não, viu
Que eu voltarei, viu
Meu coração

 

 

Sites do Mesmo editor

 
Desvendando o Apocalipse

Cavaleiros do Apocalipse

Fim dos Tempos em Musicas

Fim dos Tempos e Juizo Final

Profecias do Juizo Final

Apocalipse Maia 2012

Acorda Brasil - Levante e Anda

Corrente do Bem

Auto Ajuda de cura pessoal

Deus de Ateus e Religiosos

As Três Emanações Divinas

Carma - ou Causas e efeitos

Os Chacras

A Espera de um Milagre

 

 

Parcerias

Resgate e Doações de Pets

Noticias do Planeta Feroz

Changrilá Festas e Eventos